.mais sobre mim

Pesquisa personalizada

.posts recentes

. Christine nas gravações d...

. Christine na praia!

. Christine Fernandes passo...

. Feliz Natal!

. Christine Fernandes e Flo...

. Christine na revista "Est...

. O Estilo de Christine!

. Christine fez compras em ...

. Promo de "Viver a Vida" c...

. Hoje em "Viver a Vida"!

. Fotos do ensaio fotográfi...

. Christine na revista "Man...

. Novas fotos da Christine!

. Relembrando: Christine na...

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.links

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dona Guará conta tudo!! - Resumo dos episódios de ontem das telenovelas brasileiras no ar em Portugal 


Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Entrevista Christine Fernandes!

Ela tem talento para dar e vender. Já foi jogadora profissional de vôlei, aventurou-se pelo mundo fora como modelo e voltou com uma carreira bem-sucedida na bagagem. Mas o seu destino estava mesmo no mundo artístico, pelo qual ela já havia optado desde criança. Há mais de dez anos ela se jogou de corpo e alma na profissão e, para mostrar ao público o que seu trabalho tem de melhor, provou que é capaz de qualquer transformação. Conheça a autenticidade da actriz, que ama o aconchego do lar e vê na família o seu eixo. Não, essa não é a Rita da novela A Favorita (embora até sejam parecidas), é Christine Fernandes, que falou com exclusividade ao site da Contigo!.

  

O Principio

Christine Fernandes sempre quis ser artista. Sabe aqueles sonhos que a gente tem desde criança? O dela era esse. "Aos oito anos, verbalizei num almoço familiar, em alto e bom som, que queria ser artista quando crescesse. Mas numa família com muitos parentes, e nenhum artista, acabei virando chacota da turma", brincou a actriz. 

Sorte nossa que ela não tenha esmorecido no meio do caminho. Pois aos nove anos, começou a jogar vôlei e até tomou gosto pelo esporte. "Eu amava o esporte, aquela vida de atleta, além de tudo, eu era muito boa. Cresci, fiquei alta e desci a ladeira''. Mas os seus caminhos foram outros. "Fui convidada a participar de um desfile de moda. Daí surgiu outro convite de agência de modelos de São Paulo. Então me ofereceram um contrato com uma agência de modelos japonesa. Eu, que nunca tive vontade de ser modelo, em três meses estava em Tóquio", relembrou Chris. 

 

As Várias Facetas de Christine Fernandes

Ela já foi morena, loira, loiríssima e agora volta a ser morena. Tudo por amor à profissão. "O Ricardo (Waddington, director de A Favorita) achou que a cor escura poderia contribuir na construção da minha personagem e eu concordei. Acho que ele tinha toda razão. A Rita ficou mais real", contou. Engana-se quem pensa que Christine se importa com as mudanças. "Não tenho apegos estéticos com os cabelos, seja comprimento ou cor. O que me encanta é a possibilidade de mimetismo. Não tenho preferências. Sempre fui loira, e gostava, mas adoraria ser ruiva algum dia, assim como estou amando estar morena agora."

 

Rita, por Christine Fernandes

Se existir uma ponte entre Christine e Rita, da novela A Favorita, com certeza Chris está nela. A actriz revelou que sempre procura alguma ligação entre ela e suas personagens. Por isso, ela se sente à vontade para dar o seu pitaco sobre Rita: "Acho que ela é uma mulher que tem fortes princípios e valores, mas ainda não obteve da vida tudo o que merece. Mas de maneira subtil, a história aponta para a passividade de corrupção a que ela está sujeita", diz. ''Mas eu torço para que ela seja, de facto, incorruptível. Não seria lindo uma Rita na política, por exemplo, contrariando as estatísticas?"

 

As Próximas Christines

Na televisão, no teatro ou no cinema, enfim, todo artista tem o sonho de interpretar este ou aquele personagem. Com Christine não é diferente. Ela tem desejos, sim, porém reconhece que todas as personagens a que deu vida ajudaram-na a elevar seu potencial artístico. "No teatro, a última personagem que vivi foi Hedda Gabler, de Ibsen, um sonho bastante antigo. Já no cinema, apesar de ter participado de seis longas, ainda sinto que estou engatinhando e, por isso, estou louca para ter novas oportunidades." A bela revela sua ambição: "No cinema, estou doida para fazer uma Anna Karenina, de Tolstoy, por exemplo. Ou talvez um filme de acção. Nas telinhas, eu gostaria de ter mais chances de fazer novelas de época. Adoro!". 

 

Beleza e qualidade de vida

Com quase quarenta anos, vamos combinar que Christine Fernandes está bem, aliás, muito bem. O segredo? "Genética e qualidade de pensamento. Estou focada em coisas que dêem qualidade de vida. No dia-a-dia, o segredo é uma actividade física que seja prazerosa." As aulas de muay thai e boxe tailandês também ajudam a bela a manter o corpão. Para a actriz, o lar também é a chave para quem busca qualidade de vida. ''Na minha casa, tenho um canto só meu, onde repouso, penso, escrevo, leio e tenho paz para ter uma vida interior rica.''

 

Família e Casamento

Casada com o actor Floriano Peixoto, com quem tem o filho Pedro, de 5 anos, ela contou a importância que eles têm em sua vida: "Tenho uma família que é o meu norte. Isso torna tudo mais palatável. É a minha família que me deixa ver a vida sob uma perspectiva correta". Boa mãe, falou da relação com o filho. ''Uma boa relação entre pais e filhos não tem pressão. Tem carinho sem possessão. Tenho cuidados constantes, mas sem exageros". Já sobre casamento, ela deu a dica: "Não há fórmulas, se eu soubesse, escreveria um best-seller. Mas acho que agir com o outro como você gostaria que agissem com você é um bom passo de convivência. Meu casamento não é uma coisa estática, está sempre em movimento." 

 

Christine e a mídia

Apesar do sucesso, a actriz deixa claro sua simplicidade: "Não alimento uma celebridade em torno de mim. Faço tudo normal, vou ao supermercado, ao banco, falo com as pessoas na rua, tudo como uma pessoa comum. Nunca poso de 'especial'. Não sou. Sou igual a todo mundo, só que com um trabalho que dá mais visibilidade". Pouco se vê ou lê sobre Chis, que faz questão de manter a privacidade. "Gosto muito da 'zona de mistério' que um artista pode ter. Muita informação pessoal polui. Ser reservado é algo interessante para o trabalho de qualquer artista."

 

Blogada na rede

Christine não é amiga íntima da internet e nem está lá muito ligada nas novidades da informática, mas em seu blog, até arrisca alguns passos. "Essa experiência do blog é nova para mim. Sou uma pessoa sem Orkut ou MSN. Sou internet básica. Em meu blog, ainda estou tateando sobre o que falar, como falar e a quem falar." Ela aproveita a novidade para ter mais contacto com os fãs. "Adoro ver quanta gente volta para comentar os meus textos. Eu acabo estabelecendo novas relações - mesmo que virtuais - com pessoas bem interessantes. Talvez o melhor do blog seja a oportunidade de me expressar de forma fidedigna. Escrevendo no blog posso abrir acesso para a Christine de verdade, sem me sentir invadida." 

 

A americana mais brasileira do mundo

Não se espante: Christine Fernandes é americana, sim! Nasceu em Chicago, nos Estados Unidos, mas aos três anos veio para o Brasil. "Sou filha de pai gaúcho e mãe carioca". E apesar do amor pelo país, revela que, às vezes, sente falta de curtir uma temporada fora do Brasil. "Sei o quão enriquecedor foi toda essa experiência (de morar e estudar no exterior). Tenho ainda muitos amigos fora e sinto falta de algumas coisas que têm lá, como segurança pública". Quando o assunto é profissão, ela assume que não pretende tentar algo no estrangeiro, mas também não descarta a possibilidade. "Nunca pretendi construir uma carreira internacional. Um agente importante me abriu portas para trabalhar lá fora, mas na época, eu não quis. Quando me chamaram de novo, eu estava grávida. Não rolou. Mas há pouco tempo fiz teste para um 007. Quem sabe, uma hora, se for meu destino, a bola entra no gol?"

E foi essa oportunidade, como modelo, que a trouxe de volta ao sonho infantil. "Batalhei muito até chegar aqui. Nada veio fácil. Vim por caminhos meios 'tortos', do jeito que pude, pra chegar mais perto do que eu queria. Hoje, me sinto feliz com a minha caminhada."

 

fonte: contigo

publicado por . às 15:32
link do post | comentar | favorito
|