.mais sobre mim

Pesquisa personalizada

.posts recentes

. Christine nas gravações d...

. Christine na praia!

. Christine Fernandes passo...

. Feliz Natal!

. Christine Fernandes e Flo...

. Christine na revista "Est...

. O Estilo de Christine!

. Christine fez compras em ...

. Promo de "Viver a Vida" c...

. Hoje em "Viver a Vida"!

. Fotos do ensaio fotográfi...

. Christine na revista "Man...

. Novas fotos da Christine!

. Relembrando: Christine na...

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.links

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dona Guará conta tudo!! - Resumo dos episódios de ontem das telenovelas brasileiras no ar em Portugal 


Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008

Christine Fernandes diz que conquistou simpatia das pessoas com "A Favorita"!

Foto DivulgaçãoChristine Fernandes é avessa a badalações, não tem vontade de ser pop e, na TV, seus personagens louros, glamourosos ou maléficos sempre contribuíram para passar a imagem de mulher esnobe. Num novo momento profissional, a actriz ganhou cabelos pretos e a simpatia do público como a trabalhadora Rita de "A Favorita", personagem do povo que sofreu preconceito ao se envolver com o problemático Didu (Fabrício Boliveira).
 
“Essa ‘metidez’ existia mais quando eu era loura. A lourice dá sensação de mulher inacessível. Até então, (os autores) sempre me colocavam em situação que talvez gerasse a imagem de metida, glamourosa. Mas sou a pessoa mais boa gente e generosa com quem convive comigo”, defende-se a actriz, de 35 anos, casada com o actor Floriano Peixoto, que, às vezes, também passa a mesma impressão: “Floriano é incrível. Quem conhece, ama o Floriano. Ele tem cara de brabo, sério, mas é o cara mais engraçado”.
Unidos em casa, Christine e Floriano são adversários na audiência. Por alguns minutos, enquanto ela está no ar no horário nobre global, ele dá vida ao misterioso Miguel em "Chamas da Vida", da Record. “A disputa está entre Globo e Record. Eu o Floriano somos meros peões dessa roda gigante. Me interessa saber se as pessoas acreditam na verdade que estou emprestando a Rita”, desconversa Christine, que assiste às duas novelas gravadas em casa. “Tenho muitos amigos na outra emissora. É uma forma de acompanhar”.

 

Antes de voltar à Globo para ‘Páginas da Vida’ (2006) — a convite de Manoel Carlos, que escreveu a Simone para ela —, Christine passou meio ano na Record protagonizando "Essas Mulheres" como a vingativa Aurélia Camargo. Para a actriz, esses dois últimos trabalhos foram fundamentais para dar uma valorizada em seu ‘currículo’ e ela se sentir à vontade para assinar contrato longo (até 2010) com a actual emissora.

 

“Não tinha essa solidez que tenho agora. Eu me tornei mais segura e agora a ansiedade trabalha a meu favor. Tem a ver com a maternidade. Fui mãe (de Pedro, 5 anos), parei de trabalhar para me dedicar ao meu filho e depois fui amadurecendo. De facto, eu não tinha o peso cênico que hoje tenho”, reconhece Christine, que mesmo com a experiência acumulada em 13 anos de carreira ainda perde o sono.

 

“Se eu tiver uma cena incrível no dia seguinte, na hora de dormir é um suplício. Desenho a cena e o gestual na minha cabeça. Sou muito caxias. Não entro com o texto no estúdio, sei 30 cenas de cor. Meu sonho é ficar que nem (Antonio) Fagundes: só receber o texto no estúdio e gravar. Quando eu ficar mais velha, sem paciência de decorar, quem sabe?”.

 

Americana, actriz elege Obama

Nascida nos Estados Unidos, de pais brasileiros, Christine Fernandes está desiludida com o actual governo Bush e aguarda as eleições para votar no democrata Barack Obama. “Se um votinho para o Obama for fazer diferença — e na minha consciência pelo menos vai —, sei que estou fazendo um movimento para acabar com essa era ridícula, prepotente que os EUA se tornou nos últimos oito anos”, diz a actriz, que actualmente se sente constrangida por ser cidadã americana. “Quando criança era o máximo ter cidadania americana. Hoje, tenho preguiça do Bush. Talvez quando entrar o Obama as coisas mudem”, opina a actriz, também avessa à Lei Seca. “Na verdade, só aumentou o ágio da propina. Estamos criando brecha para a impunidade. Acabou com certos prazeres, como sair para almoçar com amigas e tomar um vinho”, reclama.

 

fonte: O Dia Online

publicado por . às 17:59
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De graphicsonline a 15 de Agosto de 2008 às 21:46
visita já o mais recente blog de encomendas http://graphicsonline.blogs.sapo.pt onde podes encomendar tudo o que precisas para o teu website ;)
De rossonera a 17 de Agosto de 2008 às 23:38
Ela já era bonita quando estava loira, mas confesso que a prefiro morena.

Comentar post